Seja bem vindo ao site RADIO SAT BRASIL MINHA RADIO GOSPEL !

Agenda
Nenhuma registro encontrado
WhatsApp 61 95475134
Bate Papo

Digite seu NOME:

Banner Lateral 01
Banner Lateral 02
Banner Lateral 03
Banner Lateral 04
Estatísticas

Visitas: 19292

Usuários Online: 106

Testemunhos

Adicionar
Nenhuma registro encontrado
Mural

Enviar mensagem

Fabricio Nunes

Toda equipe do site está de parabéns pelo belo trabalho, cont...

Sandro

Parabéns a Toda Equipe do Site! Agora é noticia em tempo real...

Bento Junior

Parabéns\r\nSucesso!!!\r\nVoces estao de parabéns pela inicia...

Tamiris

vcs estao de parabéns!! adorei o novo site estar masa pricipalmente ...

Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
Top Música
1
Julia Vitoria e GabrielEsperança
2
KemuelAlgo Novo
3
Jairo BonfimDeus Proverá
4
EyshilaMe Leva
5
Jairo BonfimDeus Proverá
Ouvinte do Mes
JoaquimBrasília
radios net

Disponível no Google Play

Brasil

Governo afirma que estoque de diesel do país é de 38 dias

Segundo o Ministério de Minas e Energia, a autonomia do combustível aumentou 26,7%; antes, era de 30 dias

Publicada em 28/05/2022 às 07:02h - 20 visualizações R7 NOTICIAS

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Governo afirma que estoque de diesel do país é de 38 dias
 (Foto: R7 NOTICIAS )

Nível de dependência externa do diesel é da ordem de 30%, diz ministério

FLIPAR

O MME (Ministério de Minas e Energia) informou nesta sexta-feira (27) que o Brasil tem estoque de diesel equivalente a 38 dias de importação. “Se as importações desse combustível fossem cessadas hoje, os estoques, em conjunto com a produção nacional, seriam suficientes para suprir o país por 38 dias”, diz nota da pasta.

O volume teve um aumento de 26,7% desde o último monitoramento do ministério, que antes trabalhava com 30 dias de autonomia. 

 

 

A divulgação da nota ocorreu depois que uma carta enviada pela diretoria da Petrobras, no início da semana, reforçou o risco de desabastecimento de diesel no Brasil.

VEJA TAMBÉM
  • Após demissão na Petrobras, preço do diesel e gasolina cai nos postos
    ECONOMIA

    Após demissão na Petrobras, preço do diesel e gasolina cai nos postos

  • Demissão após alerta sobre diesel abre caminho para mudanças na Petrobras
    ECONOMIA

    Demissão após alerta sobre diesel abre caminho para mudanças na Petrobras

  • Preço do diesel nos postos do país quase dobra nos últimos três anos
    ECONOMIA

    Preço do diesel nos postos do país quase dobra nos últimos três anos

Segundo o ministério, o combustível possui papel de destaque na matriz brasileira de transporte e nível de dependência externa da ordem de 30%.

"O MME, atento ao abastecimento nacional de combustíveis, quando do início do conflito que eclodiu no Leste Europeu, com reflexos na conjuntura energética global, adotou medidas imediatas para intensificar o monitoramento dos fluxos logísticos e da oferta de petróleo, gás natural e seus derivados, nos mercados doméstico e internacional", afirmou o órgão em nota.

 

 

Desde março, o ministério afirma que tem coordenado trabalho em conjunto com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e a EPE (Empresa de Pesquisa Energética), para acompanhar os principais indicadores do abastecimento nacional de combustíveis.

Além disso, foi criado o Comitê Setorial de Monitoramento do Suprimento Nacional de Combustíveis e Biocombustíveis, com o objetivo de adotar medidas e ações visando à garantia do seu abastecimento. 

De acordo com a pasta, além da ANP e da EPE, participam as associações representativas e agentes do setor, incluindo Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, Associação das Distribuidoras de Combustíveis, Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis, Acelen e Petrobras.

"Destaca-se que os fatos elencados pela Petrobras em sua carta, como a redução da oferta e dos estoques mundiais de óleo diesel, em função da conjuntura energética mundial, e o aumento da demanda pelo produto, no segundo semestre do ano, são fatos amplamente conhecidos e monitorados pelo Comitê", afirma o MME.

Demissão

Em ano eleitoral, a escalada da inflação, puxada principalmente pelos combustíveis, tem levado o governo federal a buscar solução para a política de preços.

A recusa em vender diesel com desconto aos consumidores, advertindo que isso causaria escassez do produto, levou à demissão de José Mauro Ferreira Coelho do comando da Petrobras, no começo da semana. Ele é o terceiro CEO da empresa demitido pelo presidente Jair Bolsonaro por causa dos preços dos combustíveis. Para o cargo, foi indicado Caio Mario Paes de Andrade.

O presidente já havia feito mudanças no Ministério de Minas e Energia, depois que a Petrobras autorizou o último aumento do diesel, em 10 de maio. No dia seguinte, Bento Albuquerque foi exonerado do cargo de ministro e substituído pelo economista Adolfo Sachsida.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
Parceiro 01Parceiro 02Parceiro 03Parceiro 04JoaquimJoaquim
web radio do grupo publicidade joaquim neto
Copyright (c) 2022 - RADIO SAT BRASIL MINHA RADIO GOSPEL - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias, mp3, Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD