Seja bem vindo ao nosso site RADIO SAT BRASIL MINHA RADIO GOSPEL radiosatbrasil.com!

Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
WhatsApp 61 95475134
Agenda
Nenhuma registro encontrado
Fotos da Cidade
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Top Música
1
Julia Vitoria e GabrielEsperança
2
KemuelAlgo Novo
3
Jairo BonfimDeus Proverá
4
EyshilaMe Leva
5
Jairo BonfimDeus Proverá
Bate Papo

Digite seu NOME:

Banner Lateral 01
Banner Lateral 02
Banner Lateral 03
Banner Lateral 04
Estatísticas

Visitas: 37310

Usuários Online: 1

Testemunhos

Adicionar
Nenhuma registro encontrado
Mural

Enviar mensagem

Ativa web rádio fm

Parabéns! A Notícia em primeira mão. Estamos na Ativ...

Fabricio Nunes

Toda equipe do site está de parabéns pelo belo trabalho, cont...

Sandro

Parabéns a Toda Equipe do Site! Agora é noticia em tempo real...

Bento Junior

Parabéns\r\nSucesso!!!\r\nVoces estao de parabéns pela inicia...

Tamiris

vcs estao de parabéns!! adorei o novo site estar masa pricipalmente ...

Enquete

Qual dessas Redes Sociais voce acessa?

Facebook

Instagram

Twitter

Youtube


Ouvinte do Mes
JoaquimBrasília
radios net

Disponível no Google Play

EDUCAÇÃO

Volta às aulas: pais querem repelente e vacina para dengue nas escolas

Nesta segunda (19/02), 470 mil alunos voltam às aulas nas escolas públicas do Distrito Federal. Rede tem 835 escolas e 34 mil professores

Publicada em 19/02/2024 às 06:13h - 3 visualizações metropoles

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Volta às aulas: pais querem repelente e vacina para dengue nas escolas
 (Foto: metropoles)

As aulas para 470 mil estudantes das escolas públicas do Distrito Federal voltam nesta segunda-feira (19/02). Além da preocupação com provas e trabalhos, os alunos retornam atentos à epidemia de dengue que a assola a capita do país.

Embora a Secretaria de Educação tenha realizado mutirão de limpeza nos estabelecimentos educacionais, pais cobram que a pasta ofereça nas unidades repelentes e que elas também sirvam como pontos de vacinação contra a doença.

Os irmãos Cauã Rodrigues Grigati, de 12 anos, e Evellyn Rodrigues Grigati, 14, filhos da advogada Zulete das Graças Grigati Rodrigues, 45, voltarão para as aulas no CEF 1 do Riacho Fundo 2, uma unidade de gestão compartilhada. Como mãe, Zukete está apreensiva diante dos números da doença.

“Mas se a gente faz a nossa parte e a escola faz a dela, acredito que a volta às aulas dará certo. No caso da Covid, tivemos o uso da máscara e vacinação. De mesma forma pode ser feito com a dengue, com a oferta de repelente, orientação e pontos de vacinação dentro das escolas”, sugeriu.

Atualmente, a campanha de vacinação pública é exclusiva para as crianças de 10 a 11 anos. São duas doses, com intervalo de 90 dias. Por isso, Cauã e Evellyn ainda não puderam se imunizar. Para Zulete, a imunização deveria ser ampliada para outras faixas etárias o mais rapidamente possível.

Repelente e vacina

O repelente passará a fazer parte do material escolar de Miguel Coelho Costa Cruzmaltes, 9, aluno da Escola Classe 411 Norte. A mãe do menino, a corretora Gabrielle Costa da Silva, 37, também defende a disposição de repelentes químicos e elétricos nas salas de aula.

“Está tudo bem. Na idade dele ele já tem a vacina e estou tranquila, mas deveria ter nas escolas, sim, porque nem toda família tem condição de comprar. Isso seria ótimo e aumentaria a segurança das crianças”, comentou.

Expectativa

O presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do DF (Aspa-DF), Alexandre Veloso, considera que a oferta de repelentes dentro das escolas seria uma medida pertinente. “Vacinação nas escolas é interessante, facilitaria, mas apenas com a ciência e a autorização dos pais”, afirmou.

Quantidade de matrículas do ensino regular da rede pública de ensino

2021: 480.402

2022: 475.715

2023: 464.977

2024: 470 mil (Destaca-se que os números de 2024 são baseados no planejamento realizado ao final do ano de 2023. O número final de estudantes matriculados será aferido após o 31° dia de aula).

Além dos cuidados contra a dengue, segundo Veloso, as famílias esperam não haver casos de salas de superlotadas e problemas com transporte e merenda. Outra medida esperada é a adoção de um plano para reforço e recuperação dos alunos com defasagem escolar.

Escolas e educadores

A rede pública de educação tem 700 escolas ativas. Ao se incluir as unidades conveniadas, o total vai para 835. Além disso, existem 46 unidades com obras em andamento. Inicialmente, 72.338 estudantes estão cadastrados para serem transportados. O serviço de transporte escolar conta com 946 veículos.

A rede pública tem aproximadamente 34 mil professores, dentre efetivos e temporários. Segundo pesquisa no Portal da Transparência, aproximadamente 10 mil educadores são concursados do quadro efetivo, enquanto cerca de 14 mil são temporários.

Em entrevista ao Metrópoles, a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, afirmou que pretende nomear 3.224 mil servidores para as salas de aula. O quantitativo corresponde aos aprovados no último concurso e que estão no cadastro reserva.

Alerta

Para o diretor do Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF) Samuel Fernandes, o ano letivo de 2024 deve ter falta de escolas e salas de aula superlotadas em função das unidades com obras em andamento e não entregues na data prevista. O educador ainda ressaltou o problema da falta de professores efetivos.

Veja:

Secretaria de Educação

Segundo a Secretaria de Educação, a rede pública está mobilizada para garantir a prevenção e o controle do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue. Diversas ações foram definidas em parceria com a pasta da Saúde. A comunidade escolar receberá orientações e atualizações sobre as medidas necessárias para enfrentar a epidemia.

As Coordenações Regionais de Ensino farão a limpeza das caixas d´água, descarte de lixo, cronograma de roçagem, limpeza de caixa de gordura e limpeza de calhas. A limpeza das escolas seguirá o protocolo de prevenção à proliferação do mosquito.

Vistorias

Todas as escolas serão vistoriadas pela Vigilância Ambiental, bombeiros e militares do Exército. O objetivo é evitar possíveis focos do Aedes aegypti. Até quinta-feira (15/02), 90 unidades haviam sido visitadas em Ceilândia e São Sebastião. A inspeção segue até o final de março.

No período noturno, o fumacê para aplicação do inseticida ultrabaixo volume (UBV) passará pelas escolas. Neste semestre, o tema da dengue vai permear o conteúdo pedagógico oferecido em sala de aula.

Orçamento

A previsão para o orçamento da rede pública de ensino do DF em 2024 é de R$ 11.735.937.804,00. Esse montante se distribui da seguinte maneira: R$ 2.702.260.999,00 provenientes do FUNDEB, R$ 3.533.676.805,00 da Secretaria de Educação e R$ 5.500.000.000,00 provenientes do Fundo Constitucional.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
Parceiro 01Parceiro 02Parceiro 03Parceiro 04JoaquimJoaquim
WEB RADIO_ DO GRUPO PUBLICIDADE JOAQUIM NETO.
Copyright (c) 2024 - RADIO SAT BRASIL MINHA RADIO GOSPEL - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias, mp3, Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD